Ambiente 08 abril 2015
Os kits de hortas podem ser adquiridos ou impressos | Foto: Aker/Indiegogo

Dois americanos lançaram uma campanha de crowdfunding para facilitar a vida a quem quer cultivar alimentos na cidade.

O slogan da Aker é "Make food happen". Aker é o nome do antigo deus egípcio da terra e foi escolhido para designar um projeto que conta com designers de várias partes do mundo, entre os quais dois portugueses. 

Os fundadores da Aker trabalham em soluções para cultivar produtos alimentares na cidade, seja em varandas, terraços ou pequenos quintais. 

Os kits que criaram têm algumas particularidades. Uma é o serem modulares, como os móveis do IKEA e, à semelhança destes, muito fáceis de montar. Aqui trata-se do que poderíamos, talvez, designar por mobiliário agrícola: hortas, galinheiros, compostores, entre outros.  

MÓDULOS OU SÓ O DESENHO DELES?

Outra marca distintiva dos produtos da Aker é o facto de poderem adquirir-se fazendo uma encomenda pela internet ou, então, comprando o desenho da estrutura pretendida e mandando-o imprimir em contraplacado.

Além de preocupações ambientais e de saúde - as hortas urbanas permitem diminuir o impacto da produção agrícola industrial no meio-ambiente e garantem um maior controle sobre a qualidade da alimentação -, a Aker tem uma filosofia de partilha. 

Foi graças a ela que dois designers de produto portugueses - André Rocha e Ricardo Santo - integraram o projeto. 

Para o doutoramento que está a fazer, André debruça-se sobre o "open design" aplicado à agricultura. E é um pouco isso que está em causa no Aker. 

UM "LINUX" DO DESIGN

Segue uma cultura de "open source", que "pressupõe um modo colaborativo de trabalhar, permitindo a pessoas de todo o mundo participar na criação de determinadas ferramentas e modificá-las, de modo livre e sem restrições de propriedade intelectual", explicou André ao JORNALÍSSIMO por telefone. 

A finalidade da campanha de crowdfunding que a Aker lançou no site Indiegogo, com a qual pretende arrecadar cerca de 27500 euros (através da venda dos kits ou dos desenhos para imprimir), tem em vista a criação de uma plataforma digital que torne a distribuição dos desenhos dos kits da Aker gratuita no futuro. 

Com ela, qualquer designer poderá aperfeiçoar os kits de outros ou desenhar novos e pô-los à disposição de todo o mundo. André está a desenvolver um kit com esse objetivo. Depois de cobertas as despesas de desenvolvimento de cada kit, o desenho fica disponível gratuitamente para download.

"É uma espécie de Linux, mas aplicado ao mobiliário", compara André. 

A campanha de crowdfunding termina no próximo domingo, dia 12, e os mentores do projeto continuam a difundi-la, pois ainda lhes falta conseguir 50 por cento da verba que pretendiam. 

e-max.it: your social media marketing partner
Voltar