Atualidade 18 março 2015
A melhor professora do ano não gostava da escola | Foto: Varkey Foundation

Nancie Atwell, uma professora dos Estados Unidos cujos alunos leem em média 40 livros por ano.

Já lhe chamam "The Million Dollar Teacher", porque o prémio para o melhor professor do ano, atribuído por uma fundação do Dubai, a Varkey Foundation, é precisamente de um milhão de dólares (cerca de 800 mil euros). 

Nancy Atwell, uma professora de inglês norte-americana, foi a vencedora desta primeira edição do Prémio, que visa distinguir professores empenhados, com carreiras inovadoras e que, com o seu trabalho, tenham inspirado os seus alunos e a comunidade.

Houve cinco mil candidatos de 127 nacionalidades e certamente haveria muitos a merecer a distinção. 

Mas, Nancy destacou-se. Por várias razões, mas sobretudo por esta: os seus alunos leem, em média, 40 livros por ano, quando a média nos Estados Unidos não ultrapassa os dez livros.

A professora de inglês criou um método inovador nas suas aulas, que encoraja os alunos a ler. São os estudantes que escolhem os livros que querem ler e os temas sobre os quais querem escrever. Os seus alunos são, também, campeões de escrita, alguns têm mesmo livros publicados.

A PROFESSORA QUE NÃO GOSTAVA DA ESCOLA

O método que inventou pode ter uma explicação. Nancie Atwell contou que quando era criança gostava de ler, mas não os livros que os professores indicavam, e não gostava da escola. 

Nancie é autora de best-sellers sobre ensino, que a tornam uma referência para professores de todo o mundo e fundou em 1990 o Centro para o Ensino e a Aprendizagem em Edgecomb, no estado de Maine (costa este dos Estados Unidos), onde estudam crianças com diferentes níveis socioeconómicos. Uma das preocupações do centro é ensinar crianças de meios pouco favorecidos.

Outro aspeto que agradou ao júri do Prémio foi o programa solidário que os estudantes desta professora desenvolvem para ajudar crianças desfavorecidas de El Salvador, na América Central. 

A professora já disse que o valor do Prémio vai inteirinho para o Centro que fundou e que quer renovar. Uma percentagem será para adquirir mais livros para a Biblioteca da Escola. 

Vê o vídeo, conhece o Centro que fundou, alguns dos alunos e a história desta "super-professora".

e-max.it: your social media marketing partner
Voltar