Atualidade 25 novembro 2015
Foto: Presidência da República e Manuel Menal/Creative Commons

Um 'quiz' a propósito do novo governo de Portugal, o primeiro em que o PS conta com o apoio dos partidos de esquerda.

1) Quantos deputados há no Parlamento?

2) E quantos Partidos?

3) Quantos governos constitucionais já houve em Portugal?

4) Em que ano foi aprovada a Constituição da República Portuguesa?

5) Quantas revisões constitucionais houve até hoje?

6) O que era o Palácio de São Bento, onde hoje funciona a Assembleia da República?

7) Quem estava no Governo quando se deu o 25 de abril?

8) E quem governou Portugal depois da Revolução dos Cravos?

9) Quantos governos provisórios houve e quem os liderou?

10) Qual foi o partido vencedor das primeiras eleições livres que se realizaram em Portugal?

11) Quem foi o primeiro Primeiro-Ministro?

12) Quantos Presidentes da República teve Portugal desde a Revolução dos Cravos?

13) Quem foi o Primeiro-Ministro que esteve mais tempo no poder?

14) Quanto ganha um deputado?

15) E qual é o salário do Primeiro-Ministro?

RESPOSTAS

1) 230.

2) Nas últimas eleições, sete partidos conquistaram assentos na Assembleia da República: o Partido Social Democrata (89 deputados), o Partido Socialista (86), o Bloco de Esquerda (19), Partido Popular (18), o Partido Comunista Português (15), o Partido Ecologista “Os Verdes” (2) e o Pessoas-Animais-Natureza (1).

3) Vinte. O que toma posse esta semana será o vigésimo primeiro governo constitucional.

4) 1976.

5) Sete. A primeira foi em 1982, a última em 2015. Entre uma e outra, a Constituição foi revista em 1989, 1992, 1997, 2001 e 2004.

6) O edifício onde hoje funciona o Parlamento foi mandado construir por monges da Ordem de São Bento, que ali fundaram um Convento, inaugurado em 1615. Com a vitória dos Liberais, em 1834, as ordens religiosas foram abolidas e muitos conventos ficaram devolutos. O de São Bento sofreu obras de adaptação para receber o Parlamento que, então, se dividia em duas Câmaras: a Câmara dos Deputados da Nação e a Câmara dos Pares do Reino.

7) Marcello Caetano, que tinha sucedido a Antonio de Oliveira Salazar em 1968. A Revolução dos Cravos pôs fim a 48 anos de Estado Novo. Quando se deu a Revolução, era Américo Thomaz o Presidente da República.

8) Derrubada a ditadura do Estado Novo, o poder em Portugal ficou nas mãos de um grupo de militares, a Junta de Salvação Nacional, até maio de 1974, mês em que António de Spínola foi designado Presidente da República Portuguesa e tomou posse o I Governo Provisório, liderado por Palma Carlos.

9) Depois do governo chefiado por Palma Carlos, houve ainda mais cinco governos provisórios: o segundo, terceiro, quarto e quinto tiveram à frente Vasco Gonçalves, o sexto foi liderado por Pinheiro de Azevedo.  

10) As primeiras eleições livres realizaram-se exatamente um ano depois da Revolução. A 25 de Abril de 1975, os eleitores votaram para a Assembleia Constituinte (a taxa participação rondou os 90 por cento). Venceu o Partido Socialista. Os então 250 deputados eleitos trabalharam na elaboração da Constituição.

11) Mário Soares foi o líder do primeiro governo constitucional, de julho de 1976 a agosto de 1978.

12) Apenas seis. Além de Spínola (de maio a setembro de 1974), Costa Gomes (de 1974 a 1976), Ramalho Eanes (de 1976 a 1986), Mário Soares (de 1986 a 1996), Jorge Sampaio (de 1996 a 2006) e Cavaco Silva (de 2006 até ao presente).

13) Aníbal Cavaco Silva ocupa o primeiro lugar no pódio: 9 anos e 356 dias no cargo, entre 1985 e 1995. O segundo e terceiro lugares são ocupados por dois socialistas: António Guterres (seis anos e 160 dias, de 1995 a 2002) e José Sócrates (seis anos e 101 dias, de 1995 a 2011), respetivamente.

14) O vencimento ilíquido de um deputado varia entre os €3360,48 e os €3341, 96, consoante esteja ou não em exclusivo nas funções. Além do vencimento, os deputados podem receber, também, determinados subsídios - por estarem longe do local onde habitualmente vivem, por exemplo. 

15) Segundo o Diário Económico, António Costa irá receber em 2016 um salário bruto de €6576.

e-max.it: your social media marketing partner
Voltar