Ciência 08 fevereiro 2017
O cartão que dá acesso à app e muitos descontos custa €50 | Foto: D.R.

O Cartão Circuitos Ciência Viva propõe 200 passeios pelo País a partir dos 20 Centros da Rede.

O cartão que a Ciência Viva anunciou ontem ao País é mais ou menos um cartão de embarque. Ao comprar-se, dá acesso não só a uma, mas a muitas viagens, que cada um faz por si, com a ajuda de um guia (livro entenda-se), uma aplicação e um site.

Através destas três ferramentas, a Ciência Viva disponibiliza uma série de percursos que tem sempre como ponto de partida um dos 20 Centros de Ciência Viva do País.

Deste modo, a ciência ganha vida fora dos centros, alarga-se ao restante território e cruza-se com a natureza, a história e a cultura das regiões envolventes a cada um dos Centros.

Recordemos todos os locais onde há centros de Ciência Viva: no Porto, em Lisboa e em Coimbra há dois. Os Açores têm um, tal como cada uma das seguintes localidades: Alviela, Aveiro, Bragança, Constância, Estremoz, Faro, Guimarães, Lagos, Lousal, Proença-a-Nova, Sintra, Vila do Conde e outro nos Açores.

No total, há 18 circuitos (não são 20 porque como algumas cidades têm dois centros, alguns uniram-se) ,cada um deles sugere alguns percursos, com grau de dificuldade variável (fácil, médio, difícil). Variável também é o tempo de duração de cada um (há percursos que demoram todo um dia, outros que se fazem numa manhã ou numa tarde).

 

O cartão custa 50 euros e dá acesso a mais do que à informação sobre os percursos. A Ciência Viva conseguiu mais de 200 parceiros para concretizar este projeto e, por isso, os seus detentores têm acesso, desde logo, a entrada gratuita em todos os Centros de Ciência Viva (onde podem entrar o número de vezes que quiserem), mas também a descontos e vantagens em museus e outros espaços de visita recomendados, em transportes e combustível, em hotéis e restaurantes.

O cartão tem a validade de um ano. Há 54 percursos disponíveis, ou seja, praticamente um para cada semana do ano.

A aplicação que, tal como o site, foi desenvolvida com o apoio da Fundação Vodafone, oferece outras possibilidades que irão tornar as visitas certamente bem mais divertidas.

Em muitos percursos são colocados desafios aos visitantes (por exemplo para encontrarem determinado animal no território) e a 'app' dá ainda a possibilidade de partilhar imagens e comentários com os outros viajantes. Além de que irá ser atualizada à medida que sejam acrescentados conteúdos.

Os mapas dos percursos podem ser descarregados online para depois serem usados no terreno, mas estão também disponíveis em formato papel nos vários Centros Ciência Viva.

Para saberes mais visita o site Circuitos Ciência Viva, onde tens muita informação e acesso a uma agenda atualizada do que se está a passar nos vários Centros Ciência Viva e nas regiões envolventes.

Podes comprar o teu cartão no site Circuitos Ciência Viva ou em qualquer Centro. Cada cartão é válido para dois adultos ou um casal e filhos (até aos 17 anos).

e-max.it: your social media marketing partner
Escrito por Jornalissimo
Voltar