Desporto 06 fevereiro 2015
Partida da corrida masculina, na entrada do Empire State Building | Foto: EPS

Dezenas de atletas competiram pelo melhor tempo na subida dos 1576 degraus do ícone de Nova Iorque.

Só há uma forma de conhecer as escadarias do Empire State Building (ESB), uma das principais atrações de Nova Iorque: participar na ESB Run-Up. É a única altura do ano em que é possível circular pelas escadas do edifício de 86 andares. Com 443 metros de altura desde a base até à antena, o EPB está entre os prédios mais altos do mundo, o que o torna num cenário ideal para uma competição de corrida vertical.

DESCER SIM, DE ELEVADOR

Na passada quarta, 4, à noite, 200 atletas de todo o mundo participaram naquela que foi já a 38ª edição da prova. Os vencedores precisaram de 10 minutos e 16 segundos (o alemão Christian Riedel, no escalão masculino) e 12 minutos e 30 segundos (Suzy Walsham, de Singapura, no escalão feminino) para chegar ao cimo da torre de escritórios, onde os turistas vão para contemplar uma vista espetacular sobre a cidade. No final, a descida é (merecidamente) de elevador.

Foto: David Jones/Creative Commons

NOVE MINUTOS E MEIO

Subir 1500 degraus em dez minutos não parece uma má marca, mas há quem já tenha feito melhor. O australiano Paul Crake detém o maior recorde de sempre na Empire State Building Race. Em 2003, conseguiu terminar a prova em apenas nove minutos e 33 segundos.

ESCADARIAS DO MUNDO

A corrida vertical é uma versão urbana da corrida de montanha. A prova de Nova Iorque é apenas a primeira do ano. O circuito mundial de 2015 da modalidade passa por Londres, Taipei, Paris, Beijing, São Paulo, Shanghai e Hong Kong.

e-max.it: your social media marketing partner
Voltar