Desporto 30 janeiro 2017
No reinado de D. Manuel II foram organizados os primeiros Jogos Olímpicos Nacionais | Foto: Arquivo do Comité Olímpico de Portugal

Os jornais desportivos deram um impulso para que o desporto ganhasse mais força em Portugal e acompanhasse a “passada” europeia.

Por Rita Nunes - IHC-FCSH-UNL / Comité Olímpico de Portugal (*)

Para conhecermos os primórdios da organização desportiva em Portugal precisamos recuar ao século XIX. Foi em 1856 que surgiu o primeiro clube náutico da Península Ibérica. Estamos a falar da Real Associação Naval, que em 1911 altera a sua designação para Associação Naval de Lisboa, denominação que ainda hoje mantém.

Posteriormente surgem outras associações e clubes em Portugal, como: o Real Gimnasio Clube Português, em 1875 (atual Ginásio Clube Português); o Clube Fluvial Portuense, em 1876; o Ateneu Comercial de Lisboa, em 1880; o Clube Naval de Lisboa, em 1892; a Associação Naval 1.º de Maio, em 1893 e o Ginásio Clube Figueirense, em 1895, entre outros.

É também no final do século XIX que surge a primeira federação desportiva. Foi em 1889 que a União Velocipédica Portuguesa foi criada. Anos mais tarde junta à sua designação: Federação Portuguesa de Ciclismo.

Facto é que, enquanto por toda a Europa o desporto se tinha começado a “massificar”, a atividade desportiva em Portugal continuava circunscrita a algumas camadas da população, nomeadamente a classes sociais mais elevadas.

 

É também com a ajuda da imprensa desportiva que o desporto começa a ganhar o seu espaço na sociedade portuguesa. Os primeiros jornais que se aventuraram a abrir caminho à promoção e divulgação desportiva foram ‘O Tiro Civil’ e ‘O Sport’, ambos fundados em 1894, este último no seio do Ginásio Clube Português. Um ano mais tarde, a 1 de Maio de 1895, surgiu também a revista quinzenal ‘A Bicicleta’. Apesar deste pioneirismo, estas publicações não conseguiram conquistar um número significativo de leitores.

Com o início do século XX, surgem mais clubes, nomeadamente o Clube Internacional de Futebol (1902), Sport Lisboa e Benfica (1904) e Sporting Clube de Portugal (1906) que trouxeram uma nova dinâmica ao desporto, proporcionando uma melhoria do ponto de vista competitivo e possibilitaram a internacionalização de alguns atletas portugueses.

Na fase final do reinado de D. Manuel II foram organizados os primeiros Jogos Olímpicos Nacionais, pela recém-criada Sociedade Promotora de Educação Física Nacional (1909), o objetivo da organização deste evento era despertar o interesse dos portugueses pela prática desportiva e preparar a participação de Portugal na V edição dos Jogos Olímpicos de Estocolmo, em 1912.

Com o propósito de Portugal participar nos Jogos Olímpicos de Estocolmo, a 30 de Abril de 1912 foi criado o Comité Olímpico Português, designação alterada em 1992 para Comité Olímpico de Portugal.

FOTOS: Arquivo do Comité Olímpico de Portugal

(*) Publicada ao dia 30 de cada mês, a rubrica "História, Desporto e Olimpismo" é dedicada ao estudo das origens e evolução do desporto e do Movimento Olímpico em Portugal . Resulta de uma parceria entre o Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa (IHC - UNL) e o Jornalíssimo e tem a coordenação científica de Rita Nunes, Directora do Gabinete de Estudos e Projectos do Comité Olímpico de Portugal e investigadora do IHC.

e-max.it: your social media marketing partner
Escrito por Jornalissimo
Voltar