Dicas 05 outubro 2015
'Democracia' significa 'poder do povo' | Foto: Tilemahos Efthimiadis/Creative Commons

Se a fraca participação nas eleições legislativas te deixou com vontade de agir, há um movimento de jovens à escala mundial capaz de te dar uma ajuda.

Nos últimos anos, de cada vez que há eleições em Portugal, salta à vista o número de pessoas que não exerce o direito e o dever de votar naqueles que quer ver como os seus representantes na Assembleia da República - os 230 deputados que vão tomar decisões em nome de todos nós, em campos que influenciam as nossas vidas, como a educação, a saúde ou o emprego.

Desde 1975, a taxa de abstenção numas eleições legislativas nunca tinha atingido um valor tão elevado - foi de 43,07%, no escrutínio de domingo passado.

Se quiseres ver o histórico de todos os resultados eleitorais desde o 25 de Abril, podes consultar o Portal do Eleitor.

Só para teres uma ideia, nas primeiras eleições livres que se realizaram em Portugal, no ano de 1975, a taxa de abstenção situou-se em 8,34%. 

As razões que levam os eleitores a abster-se são várias - há quem não se reveja em nenhum dos programas apresentados pelos partidos políticos, quem se abstenha para mostrar o seu descontentamento com o atual estado de coisas, quem ache que o seu voto não vai mudar nada...

Independentemente das causas, uma taxa de abstenção tão elevada não deixa de levantar questões sobre a saúde da Democracia.

Se te interessas por estes temas há um site que te pode interessar - o do Movimento Jovem pela Democracia.

Trata-se de uma plataforma, ela própria, jovem, já que nasceu em 2004, no âmbito do Movimento Mundial pela Democracia. É, digamos, a versão jovem deste Movimento.

A razão de ser do grupo é juntar jovens de todo o mundo que se interessem por promover a Democracia, numa partilha constante de conhecimentos, informação e estratégias que ajudem quer ao fortalecimento das Democracias existentes, quer a apoiar projetos que lutam contra ditaduras e sistemas autoritários.

Encorajar a participação dos jovens na política, promover os Direitos Humanos, a participação e a liderança política das mulheres são algumas das causas pelas quais os ativistas deste movimento se empenham um pouco por todos os continentes. 

Anualmente, levam a cabo o Dia Mundial dos Jovens pela Democracia, a 18 de outubro. Em 2015, a data é dedicada aos jovens (até aos 35 anos) líderes que lutam em todo o mundo para promover e reforçar os Direitos Humanos e as práticas democráticas.

Estás a lembrar-te de alguém? Podes sugerir um nome para ser homenageado através do endereço Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. até esta quarta, 7 de outubro.

No site do Movimento tens toda a informação, podes subscrever a newsletter e seguir os links para as páginas do grupo no Twitter e no Facebook.

e-max.it: your social media marketing partner
Voltar