Saúde 14 janeiro 2016
A aplicação lê códigos de barras | Foto: Public Health England

No Reino Unido foi lançada uma App que identifica o açúcar escondido em milhares de produtos.

Já nos habituámos a que as notícias sobre o açúcar sejam tudo menos doces. Segundo a Organização Mundial de Saúde, as crianças portuguesas consomem cinco vezes mais açúcar do que a dose diária recomendada.

Hoje, em Portugal, a Direção Geral de Saúde sugeriu que os pacotinhos de açúcar passem a ter metade da quantidade atual. Ou seja, se a medida for avante, passarão a ter quatro gramas de açúcar em vez de oito, a gramagem habitual.

Portugal não é o único país preocupado com a ingestão excessiva de açúcar, que leva a uma série de problemas, como cáries, obesidade e diabetes.

No Reino Unido, a entidade que tem a missão de melhorar a saúde dos cidadãos, criou uma aplicação para que seja fácil controlar o consumo de açúcares.

A 'Sugar Smart', lançada pela 'Public Health London', é capaz de ler o código de barras de 75 mil produtos e indicar, de imediato, a quantidade de açúcar presente, em cubos e em gramas. Depois, basta fazer contas.

A aplicação parece uma excelente ideia, uma vez que o açúcar se esconde muitas vezes em alimentos que nem imaginamos, como em 'snacks' de milho (sim, apesar de serem salgados), em molhos, como no ketchup ou nos cereais de pequeno-almoço.

Nos alimentos suspeitos, a quantidade de açúcar também pode surpreender. Um lata de cola, por exemplo, pode ter 35 gramas de açúcar, um pouco mais do que quatro pacotes de açúcar; um chocolate pequeno, tem facilmente 20 gramas de açúcar, mais de dois pacotinhos, portanto.

E, afinal, qual é a dose diária de ingestão de açúcar recomendada. A entidade britânica diz que dos sete aos dez anos não se deve ingerir mais do que 24 gramas e que os jovens devem consumir 30 gramas por dia.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) diz que a ingestão de açúcar deve estar abaixo de 10% do total de calorias ingeridas diariamente. O ideal é que ronde os 5%.

O vídeo seguinte explica bem as razões pelas quais devemos ter cuidado com o açúcar a mais.

e-max.it: your social media marketing partner
Voltar