Ir para a escola num “autocarro” a pedais

Além de ecológico, o S’Cool Bus é um meio de transporte divertido.

Em Rouen, uma cidade do noroeste da França, os habitantes já se começam a habituar a ver passar o S’Cool Bus.

Desde há alguns dias, há dois veículos algo estranhos – longos como um autocarro, mas com pedais no lugar de cada um dos passageiros e do condutor – a circular pelas ruas da cidade. Fazem dois percursos diários e transportam, para já, cerca de doze crianças: todas as manhãs e todas as tardes, levam-nas à escola e fazem o percurso de regresso no final das aulas.

Cada um dos S’Cool Bus tem o seu condutor, mas os passageiros dão uma mãozinha. Um pé, neste caso: atingir os quinze quilómetros por hora, a velocidade a que este transporte alternativo circula, é mais fácil com todos a pedalar.

O veículo tem inúmeras vantagens. A ambiental é a primeira que salta à vista, já que é cem por cento ecológico e, ao evitar que os pais levem os filhos de carro à escola, dá o seu contributo para a diminuição da emissão de gases com efeito de estufa.

Mas há outros aspetos positivos na utilização do S’Cool Bus, como promover a saúde e evitar a obesidade dos mais novos, ao obrigá-los a fazer exercício físico diariamente.

Para os jovens passageiros é, também, uma forma de começar o dia de uma forma divertida, de fazer novos amigos, de conviver. Já os pais, ganham tempo ao não terem de ir levar os filhos à escola.

 

Fora isto, que não é pouco, o S’Cool Bus é um meio-de-transporte público quase igual aos outros. Tem horários, percurso fixo, paragens para entrada e saída dos passageiros.

As viagens são gratuitas. Para o utilizar, os pais têm apenas de se inscrever na Associação S’Cool Bus, assinar um termo de responsabilidade e apresentar um atestado médico como prova de que os filhos não têm nenhum problema que os impeça de pedalar.  

A ideia do S’Cool Bus foi de um estudante da cidade, que tinha visto um veículo parecido com este numa viagem que fez à Holanda e pensou em adaptá-lo ao transporte escolar. Para pôr a ideia de pé, Amaury Piquiot, de 23 anos, recorreu a um site de ‘crowdfunding‘ e a campanha não poderia ter corrido melhor. 

Se quiseres ver o S’Cool Bus em movimento, vê este vídeo feito pela Associação com o mesmo nome. Podes espreitar a página deles aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *