É tão feio quanto popular e anda a apresentar um livro

O ‘seu’ livro. O cão Tuna pode ser “o mais feio do mundo”, mas quem é que tem 1,7 milhões de fãs no Twitter?

Por ter o maxilar superior exageradamente proeminente e o inferior demasiado recuado – e, sim, é verdade, também tem um pescoço ligeiramente mais enrugado do que o normal -, há quem insista em dizer que este descendente de um Chiwawa e um Dachshund (em inglês, um ‘Chiweenie’), de cinco anos, é o “cão mais feio do mundo”.

A beleza não parece fazer falta a Tuna. O pequeno e fotogénico cão (as roupas e cenários escolhidos pela dona ajudam…) conseguiu cativar milhares e milhares de fãs em todo o mundo. Só no Twitter são 1 milhão e 700 mil. E ficam de fora outros milhares que o seguem no Facebook.

O sucesso é tal que Tuna anda, agora, a viajar pelos Estados Unidos (onde vive) e por Inglaterra a promover o seu livro, qual J.K. Rowling ou Jeff Kinney.

Claro que o livro foi escrito pela mão da dona, Courtney Dasher, e os autógrafos são dados com a pata de Tuna. A obra (a de ter tantos seguidores e o livro) é um verdadeiro trabalho de equipa.

Dasher adotou um Tuna traumatizado, por ter sido vítima de abandono, em 2012, em Los Angeles. Um ano depois criou a conta de Instagram, que podes espreitar aqui: Tunameltsmyheart (Tuna derrete o meu coração), sem imaginar o sucesso que a/que os esperava.

 

O cão de feições castiças acabou por promover a causa de animais que, como ele, foram abandonados e tem ajudado a que mais pessoas se lembrem de adotar (responsavelmente) animais abandonados, independentemente dos atributos físicos.

Antes do livro, com o nome da conta de Instagram, Tuna já vendia produtos vários com a sua imagem e doava uma parte das vendas a uma sociedade americana que se dedica à prevenção de atos cruéis contra animais. Além disso, recebe mensagens de fãs de todo o mundo, que agradecem a alegria que as fotos publicadas na conta de Instagram lhe transmitem.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *