‘Pig Island’: porcos, mas pouco

Caraíbas, areia macia, águas cristalinas e porcos. Sim, porcos. A ‘Big Major Cay’, nas Bahamas, é deles.

Há porcos e porcos. Se pudesse escolher, a maioria dos suínos optaria certamente por viver numa pequena ilha perdida no mar das Caraíbas – desfrutar de banhos prolongados em águas tépidas, posar para as câmaras dos turistas, nadar junto a eles como golfinhos, sem receio de terminar na frigideira.

Bem pelo contrário: com a confiança de saber que vão ser brindados, a meio do banho, com um ou outro petisco que os visitantes humanos lhes lançam dos barcos.

Para algumas dezenas de porcos, este cenário não é um sonho bom. A ‘Big Major Cay’ (‘Cay’ significa ilhota) é o paraíso dos suínos e converteu-se numa inusitada atração turística das Bahamas, com empresas a promoverem passeios até lá.

Num conhecido portal de viagens, os turistas descrevem a experiência de encontrar porcos ali como algo de memorável.

Como foram os porcos parar à pequena ilha, ninguém sabe ao certo. Uma versão diz que sobreviveram a um naufrágio; outra conta que foram deixados por marinheiros, que pensavariam voltar à ilha para os comer e por alguma razão não regressaram.

O mistério só parece adensar a curiosidade dos visitantes. Alguns confessam-se assustados com os animais, descrevem-nos como corpulentos. Mas garantem que é só o primeiro impacto: “são inofensivos”, escreve um turista. Vida boa… de porco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *