Ciência 21 dezembro 2014
Vento: energia verde | Foto: Hernán Piñera/Creative Commons

Um vento é invisível, mas tem uma explicação bem clara. Por vezes, tem também uma força absolutamente demolidora. Afinal, de onde vem o vento?

Há desportos (windsurf, vela, kitesurf) e algumas profissões (pesca, transportes marítimos) que quando navegam dependem da intensidade e da direcção do vento.

O vento é também responsável pela criação das ondas. Quando o vento "toca" a superfície dos oceanos formam-se ondas a milhares de quilómetros de distância das faixas costeiras.

É bastante fácil de perceber como se forma o vento. As quatro principais camadas da atmosfera - troposfera, estratosfera, mesosfera e termosfera - pairam a mais de 100 quilómetros acima da crosta terrestre.

Nesta região, há vários gases a fluir constantemente. Todos eles estão cuidadosamente equilibrados e cada um serve um propósito; por exemplo, o nitrogénio dá-nos o tom azul do nosso céu. O vento é simplesmente o resultado das diferenças de pressão nesta atmosfera.

Vento: energia verde | Foto: Hernán Piñera/Creative Commons

Existem três tipos de vento, no que diz respeito à sua duração. Ventos curtos e fortes são geralmente designados de rajadas; depois existem os ventos fortes intermédios, e ainda os ventos de longa duração, que podem ser tufões, furacões, tempestades, vendavais ou brisas.

As forças físicas tais como a rotação da Terra efeito, o efeito Coriolis, a geomorfologia da superfície do planeta, a energia solar e a gravidade são responsáveis pela distribuição de múltiplos sistemas de vento por todo o planeta.

A rajada de vento mais forte alguma vez registada ocorreu na estação meteorológica de Barrow Island, na Austrália, no dia 10 de Abril de 1996. O anemómetro local (montado 10 metros acima do nível do mar) marcou 408 quilómetros por hora (220 nós).

A região mais ventosa do mundo é Cape Farewell, na Gronelândia. Os aviões só voaram sobre esta zona Ártica, pela primeira vez, em 2008; anteriormente, os ventos fortes constantes impediam sempre voos nesta região do mundo.

O vento pode soprar em qualquer lugar, a qualquer hora e em qualquer direcção. O formato oficial de medição do poder do vento são os nós. Se quiseres medir a velocidade do vento, podes usar um anemómetro digital portátil.

e-max.it: your social media marketing partner
Voltar