Também se tiram selfies em Marte

O Rover Curiosity, que anda a recolher amostras do solo marciano para análise, de vez em quando estica o braço.

Se os robots são construídos, cada vez mais, à imagem dos humanos, nem é de estranhar que tenham, também eles, os seus momentos de egocentrismo.

O veículo que a NASA colocou há três anos em Marte fez uma pausa no trabalho e brindou a Terra com a sua beleza metálica. 

É só ele e Marte, como quem diz: “tenho um planeta só para mim”. O facto de a fotografia ter sido tirada de baixo para cima e de ele surgir no topo remete para a ideia de conquista. E é justo.

Curiosity posa sobre a rocha “Bucksin”. É já a sétima que está a explorar, recolhendo amostras para análise.

Na realidade, as selfies tiradas em Marte por robots são feitas de forma diferente das tiradas em Terra por humanos.

No seu site, a NASA explica que esta imagem é resultado de uma combinação de várias imagens tiradas pelo robot com o seu braço, que tem uma espécie de máquina fotográfica (a “hand lens”) incorporada.

Mas afinal onde está o braço? A NASA revela que ele ficou de fora precisamente por se tratar de uma montagem feita a partir de vária imagens enviadas pelo robot. No entanto, se te concentrares na sombra do Curiosity talvez vejas algo interessante. Viste?  

Se te interessas por Marte, espreita este artigo sobre como está a ser feita a seleção dos candidatos a ir viver para o planeta vermelho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *