Curiosidades 10 junho 2020
Estátua de Luís de Camões | Foto: Michell Zappa/Creative Commons

Sabes quando se começou a comemorar o 10 de Junho e qual era a designação anterior deste dia?

Hoje, 10 de Junho é o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. Mas a designação deste dia nem sempre foi esta. E antes de ser feriado nacional, o 10 de Junho foi feriado municipal. Já lá vamos.

Comecemos por recordar que, no dia de hoje, se assinala a morte de Luís Vaz de Camões - uma data que é, sobretudo, simbólica. Pensa-se que o autor d'Os Lusíadas morreu a 10 de junho de 1579 ou 1580. Certezas, no entanto, não há, nem quanto à data de morte, nem quanto à data de nascimento.

É, no entanto, curioso ver como a apropriação do 10 de Junho e da figura de Camões foi feita em diferentes períodos históricos.

A primeira grande celebração deste dia aconteceu no século XIX, em 1880, quando os republicanos saíram à rua, em Lisboa, para um grande cortejo e evocaram Camões, no tricentenário da sua morte.

Nesse dia, aqueles que saíram à rua na capital do país manifestaram-se contra a Monarquia (era D. Luís I Rei de Portugal). Anos mais tarde, quando a I República foi instaurada, o 10 de Junho foi decretado feriado municipal em Lisboa.

O dia de hoje só se tornaria feriado nacional mais tarde, já durante o Estado Novo.

Com Salazar como chefe do Governo, o 10 de junho passou a ser o "Dia de Portugal, de Camões e da Raça". O Estado Novo serviu-se da data para fazer a exaltação da raça do povo português e de valores nacionalistas.

A figura do poeta que cantou os feitos épicos portugueses servia, agora, para celebrar a grandeza do império nacional, promover um povo heróico, o orgulho de ser português.

O feriado servia de propaganda ao regime de Salazar. As Forças Armadas Portuguesas eram celebradas e a política colonial do Governo (criticada em alguns organismos internacionais, como a ONU) legitimada. 

Com a revolução de 25 de Abril de 1974 e o célebre programa dos 'Três Dês' - Democratizar, Descolonizar, Desenvolver -, a visão salazarista do 10 de Junho ficou para a história.

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas foi a designação encontrada em 1978 para o 10 de Junho.

 

e-max.it: your social media marketing partner
Escrito por Jornalissimo
Voltar