Achas que sabes tudo sobre os Óscares?

Se és capaz de dizer quem recebeu oito estatuetas numa só ida ao palco e quando houve Óscares em gesso, não precisas de ler este artigo.

Contamos-te algumas curiosidades sobre a cerimónia maior de Hollywood.

– O nome oficial do galardão instituído pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas é Academy Award of Merit;

– a primeira cerimónia teve lugar em 1929. Desde então, 2947 estatuetas foram atribuídas;

– só em 1953, o evento passou a ser transmitindo pela televisão, até então era através de emissões de rádio ao vivo que milhares de pessoas seguiam os Óscares;

– cada estatueta é composta por estanho, cobre e banhada a ouro de 24 quilates, tem quase 35 centímetros de altura e pesa cerca de três quilos e 800 gramas;

– O pedestal do galardão mais desejado do mundo do cinema simula o rolo de um filme, as cinco aberturas representam os cinco ramos iniciais da Academia: atores, realizadores, produtores, técnicos e escritores.

– Cedric Gibbons e George Stanley, dois nomes importantes: o primeiro desenhou o prémio, o segundo esculpiu-o;

– por apenas três vezes na sua longa história, o evento foi adiado: em 1938, devido a inundações em Los Angeles; em 1968, para não coincidir com o funeral de Martin Luther King e em 1981, devido a uma tentativa de assassinato do presidente Ronald Reagan;

– dada a escassez de metal, durante a II Guerra Mundial, os Óscares foram feitos de gesso;

– inicialmente, as crianças vencedoras recebiam estátuas em miniatura;

– Walt Disney não recebeu uma, mas sim oito estatuetas de uma só vez – sete eram miniaturas, afinal tratava-se de um Óscar honorário atribuído em 1939 pela Academia para homenagear o primeiro filme totalmente animado do cinema norte-americano.

Falta a história de por que é que os Óscares se chamam óscares? Essa já quase toda a gente sabe. Consta que uma secretária da Academia, quando viu a estatueta pela primeira vez, exclamou: “Parece mesmo o meu tio Óscar”. O site dos Óscares refere essa versão, mas salienta que a origem do nome não é clara. Dá uma certeza: só a partir de 1934 o nome foi oficialmente adotado pela Academia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *