Os adultos também brincam com legos

Aficionados (crescidos) da Lego dos 5 continentes estão em Paredes de Coura a mostrar as suas construções.

As personagens centrais deste artigo, depois das figurinhas Lego, são ‘AFOLs’. Portanto convém dizer já do que se trata: ‘Adults Fans of Lego’ (Adultos Fãs de Lego).

A história dos ‘AFOLs’ é quase sempre a mesma: pessoas (de ambos os sexos) que brincaram com legos quando eram pequenas, cresceram, foram pais e, por causa dos filhos, reencontram uma paixão antiga pelas peças coloridas.

Foi assim, também, com Miguel Reizinho. Quando o filho tinha cinco ou seis anos ofereceu-lhe legos. Hoje o filho tem 12, está a deixar os legos, mas o pai, com 43 anos, está cada vez mais aficionado.

Quando se voltou a interessar por legos, julgou que era o único. Na Internet descobriu que ‘AFOL’, como ele, há muitos em todo o mundo.

Hoje, é embaixador da Comunidade 0937 (sim, nós também perguntámos o porquê do número e a resposta foi: “Escreva, vire a folha ao contrário e fica a perceber”). Entendido, agora?! É que a Lego não deixa que nada seja registado com o nome da marca, nem mesmo comunidades Lego, explica Miguel. Assim, os membros desta comunidade deram a volta à situação.

Miguel é um dos organizadores de um evento que durante três dias – de sábado, 10, até domingo, 12 – está a decorrer em Paredes de Coura. O ‘Paredes de Coura Fan Weekend’ conta com 171 participantes (2/3 são homens) de 17 países de todos os continentes. Muitos são da Comunidade 0937, que junta cerca de 70 fãs, sobretudo portugueses, mas há também alguns estrangeiros.

Há quem tenha vindo de propósito da Austrália ou dos Estados Unidos para conviver com AFOLS de outros países neste encontro e esteja a vibrar com a receção minhota, como mostram as fotografias postadas na página do “Paredes de Coura Fan Weekend”.

Mas o Encontro é mais do que um convívio, é uma oportunidade de mostrarem as suas espetaculares construções em Lego, algumas com centenas de peças e resultado de muitos meses de trabalho.

Além das construções que se veem nestas fotografias, quem for até Paredes de Coura pode admirar o Castelo de Guimarães, uma plataforme petrolífera, diaramas de ficção científica, medievais, cenas de “westerns” ou da saga “Star Wars”.

Há, até, um circuito do recorde mundial de Great Ball Contraption (“um circuito mecanizado, feito com diferentes módulos da Lego, que levam bolas do tamanho de berlindes de um ponto A a um ponto B”, como explica Miguel).

Enfim, o Centro Cultural de Paredes de Coura está transformado numa imensa caixinha de legos e há, ainda, uma tenda montada no exterior.

A entrada é gratuita. O espaço está aberto das 14 às 19 horas e o último dia é já amanhã, domingo, 12 de junho. Começou na sexta, 10. Ah! Também há algumas construções feitas por crianças, mas estão em minoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *