Quem é esquerdino levante a mão

Se levantaste, muitos parabéns, hoje é o Dia dos Canhotos. Sabias que há uma loja com objetos só para esquerdinos?

Cerca de dez em cada cem pessoas são canhotas. Os esquerdinos são uma minoria, sim, mas ainda representam um número considerável da população mundial.

Digamos que os objetos bem podiam ter um bocadinho mais de consideração por quem nasce com uma maior habilidade (sobretudo manual) no lado esquerdo do corpo.

Há uma série de ferramentas de uso quotidiano que, aos olhos (aqui será mais às mãos) de um esquerdino, só podem parecer piada.

Os cadernos, algumas canetas, as tesouras, as facas, o rato, o abre-latas ou o saca-rolhas são exemplos de objetos desenhados sem ter em conta essa (grande) minoria da população.

A primeira loja no mundo a pensar mais com o lado direito do cérebro (esse é o lado dominante nos esquerdinos, nos destros, pelo contrário, o hemisfério dominante é o esquerdo) surgiu em Londres no ano de 1968.

Curiosamente, o seu fundador era um destro com muitos amigos esquerdinos, para quem a loja se tornou num ponto de encontro para partilha de dificuldades (é bom recordar que, até há bem pouco tempo, os canhotos foram mal vistos pela sociedade, muitos foram contrariados por pais e professores e forçados a usar a mão direita, nomeadamente para escrever).

Hoje, o herdeiro dessa loja, que encerrou (fisicamente) em 2006 é um site de vendas online, com muita piada diga-se. Chama-se Anything Left Handed (ALH). As três bandeirinhas no topo a assinalar os preços em libras, dólares ou euros dão já a dimensão do alcance do negócio.

Além de enviarem,  para qualquer parte do mundo, todos os objetos de que um canhoto precisa para levar a cabo tarefas banais do dia-a-dia sem dificuldades, a ALH tem um completíssimo site.

Nele, os destros encontram explicações escritas, fotografias e vídeos que mostram por que são diferentes os produtos para canhotos; a pensar nos esquerdinos, há um blogue, uma ‘newsletter’ e um fórum.

Enfim, um destro, ali, sente-se peixe fora de água e apanha com slogans humorísticos como este, que vem escrito nos lápis especiais para canhotos: “It’s a left -handed thing… you wouldn’t understand” (É coisa de esquerdinos… não irias compreender).

A AHL até tem um clube. Nem artigos de ‘merchandising’ faltam, com escritos que dão força à ideia de que os esquerdinos são criativos:

Piadas à parte, é curioso ver as mensagens que gente de todo o mundo deixa no site, a expressar agradecimento por um determinado objeto ter mudado algo na sua vida. E são coisas tão simples como ser capaz de cortar rodelas de pepino fininhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *