Faz falta um novo modelo de Jardim Zoológico?

Vê as respostas à pergunta que lançámos há duas semanas.

A propósito do movimento Zoo XXI, de que te falámos neste artigo, na semana passada, quisemos saber a vossa opinião sobre os jardins zoológicos. Aqui ficam as respostas:

Catarina Trigo, 18 anos: “Eu estou um bocado dividida, porque por um lado não gosto que os leões e os animais selvagens estejam presos, estejam enclausurados, mas por outro também não acho que a ideia do Zoo XXI seja muito interessante, porque não ia ser um conceito de zoo, não era muito engraçado”.

Rita Vieira, 18 anos: “Não acho piada à ideia do Zoo XXI porque não era a mesma coisa, mas também não sou a favor de os animais estarem enjaulados. Deveriam ter mais espaço. Era importante haver mais espaço, criar um habitat que seja mais parecido com o deles”.

Rita Duarte, 19 anos: “Sou contra os zoos e acho que os animais não deveriam ser utilizados para fazer dinheiro. Concordo com o Zoo XXI, era bom que os animais autóctones tivessem um espaço para recuperação. Quanto aos animais exóticos deviam estar nos seus habitats naturais e não artificiais. E se é por uma questão de dinheiro, acho que não devíamos utilizar os animais para tal fim”.

Marta Ribeiro, 19 anos: “Sou contra os zoos. Só vejo um aspeto positivo… Muitas das espécies que lá se encontram estão em vias de extinção e lá conseguem de alguma forma ter possibilidade de se reproduzirem e de se manterem a salvo. Percebo que seja bom para as pessoas ter contacto com animais que no dia-a-dia não teriam, mas acho que se elas quisessem mesmo ver, deveriam elas deslocar-se aos habitats naturais e não tirar os animais dos ecossistemas e trazê-los para cá. Sou a favor do Zoo XXI. Acho que seria bom haver esse espaço para recuperação sem os por dentro de jaulas e em condições que não são nem de perto aquelas que eles mereciam”.

Gabriela Sousa, 19 anos: “Eu concordo que não são modelos que sejam os corretos porque temos por exemplo ursos polares em ambientes que não têm nada a ver e animais que são de outro tipo de ambientes e, por muito que se tente num Jardim Zoológico recriar um ambiente natural, nunca se recria aquele ambiente. Os leões, tigres, por exemplo, acabam por perder o instinto de caça e, acima de tudo, perdem a liberdade, que é o que de melhor eles têm. Sou a favor daquela teoria de que nós devemos visitar os animais, mas nós é que devemos ir dentro de gaiolas para não sermos atacados por eles e não eles dentro de gaiolas para serem visitados por nós”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *