Por que é que não se deve ouvir música alto?

A Organização Mundial de Saúde está preocupada com os nossos ouvidos. Diz que milhões de jovens correm o risco de perder a audição.

A culpa? É isso mesmo que estás a pensar. Em grande parte, deve-se aos auscultadores, smartphones, tablets e demais dispositivos modernos que nos permitem ouvir música sempre que queremos, a volumes nem sempre aconselháveis.

Se pararmos para pensar até vemos que faz sentido. Até há bem pouco tempo, o ouvido humano só processava sons da natureza.

A tecnologia veio permitir o aumento do volume do som e, ao que parece, os nossos ouvidos não acompanharam o desenvolvimento dos dispositivos de que hoje nos servimos para ouvir música.

ATENÇÃO AOS DECIBÉIS

Os nossos ouvidos permanecem sensíveis, delicados e sofrem quando o volume se aproxima dos cem decibéis.

Considera-se que há risco quando nos expomos a níveis de 85 decibéis durante oito horas ou a 100 decibéis durante 15 minutos.

Para teres uma ideia, um aparelho de mp3 alcança em média entre 85 a 90 decibéis.

Mas, afinal, de que modo pode o som danificar os ouvidos?

15 MIL CÉLULAS, TODAS BEM SENSÍVEIS

O sistema auditivo tem um funcionamento próprio: o ouvido deteta vibrações, transforma-as em impulsos elétricos que são transportados para o cérebro, onde são percebidos como som.

No ouvido humano, há cerca de 15 mil células nervosas responsáveis por transmitir os sons exteriores ao cérebro. E são essas as células que pomos em causa quando nos excedemos no volume.

Basicamente cada uma dessas células tem uma proteção que pode ser destruída com ruídos fortes.

O pior é que, quando expostas com frequência a níveis sonoros perigosos, essas células podem mesmo morrer e, ao contrário do que acontece por exemplo com as células da pele, as auditivas não são capazes de se renovar.

DICAS QUE OS OUVIDOS AGRADECEM

Portanto, cada célula que perdemos equivale a menos um pedaço de capacidade auditiva.

Não é por acaso que os melómanos não ouvem a música muito alta: querem preservar a audição, de modo a poderem apreciar todas as nuances de uma música, algo que não conseguem com um volume elevado ou, claro, se o sistema auditivo estiver diminuído.

Da próxima vez que puseres os fones lembra-te de como funciona o teu ouvido. Tenta pôr o volume a 60% do máximo, não estejas mais de uma hora a ouvir música com auscultadores, usa tampões se tiveres mesmo de permanecer num local onde a música esteja muito alta.

Há várias aplicações que podes descarregar para medir o nível de decibéis, pesquisa por “decibelímetro”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *