Surreal 03 dezembro 2014
O Pai Natal da KFC | Foto: akaitori/Creative Commons

Pode parecer estranho, mas no Natal os japoneses não dispensam o frango da cadeia norte-americana...

A maior parte dos japoneses segue o Xintoísmo ou o Budismo. O Cristianismo tem poucos fieis no país do sol nascente. O Natal é, por isso, por aquelas bandas uma tradição recente, introduzida sobretudo com fins comerciais. Digamos que o Natal está para o Japão como o Halloween está para Portugal...

Quando a quadra começou a ser celebrada no país, aí há uns 40 anos, houve costumes difíceis de replicar, como o de comer perú na noite de consoada. A KFC teve o que se pode chamar um golpe de mestre: conseguiu associar o seu frango às comemorações natalícias, com uma brilhante campanha de marketing.

O hábito criou raízes e hoje as filas à porta da cadeia norte-americano nos dias 23, 24 e 25 de dezembro são intermináveis. Há quem comece a reservar um lugar para comer o seu "frango de Natal" numa das mais de 1200 lojas da cadeia no país com dois e três meses de antecedência!

O "Colonel Sanders", imagem de marca da KFC, veste-se de Pai Natal e apresenta um menu condizente com a época, com frango, mas também vinho, bolo e champanhe natalícios. O sucesso é tal que, nesses três dias, a cadeia tem receitas equivalentes a meio mês de faturação!

O preço?! Foge um pouco aos convencionais, afinal a época é especial: o menu completo fica por aproximadamente 40 dólares, qualquer coisa como 32 euros.

e-max.it: your social media marketing partner
Voltar