Surreal 22 junho 2015
A secretária-bicicleta ajudará, pelo menos, a combater a obesidade | Foto: lepetitbuzz.fr

Será que pedalar enquanto se estuda aumenta a concentração? Uma escola do Canadá está a fazer o teste.

A ideia de criar secretárias com pedais incorporados foi de um ortopedagogo. "Orto quê?" Ortopedagogo, de ortopedagogia.

Também nunca tínhamos ouvido falar e a palavra não vem no dicionário, mas, pela nossa pesquisa, vimos que é uma especialização dentro da pedagogia. Um ortopedagogo é um especialista na educação de crianças com problemas de aprendizagem relacionados com deficiências físicas ou intelectuais.

Neste caso, o ortopedagogo Mario Leroux encontrou uma solução para ajudar crianças hiperativas a concentrarem-se durante as aulas. 

Leroux, que trabalha numa escola no Quebeque, a 'École des Cèdres de Laval', explicou a uma televisão local, a TVA Nouvelles, como chegou a esta invenção: "Procurava algo que permitisse aos alunos mexerem-se. O movimento permite-lhes oxigenar o cérebro e, logo, uma melhor concentração".

As secretárias-bicicleta que concebeu foram produzidas nos Estados Unidos e estão a ser testadas na escola. Na reportagem televisiva, alguns alunos admitem que estar a pedalar os ajuda a ter melhor aproveitamento escolar.

Uma professora diz que, para alguns, é ainda um modo de aliviar o stress na altura de fazer testes. Mas também há quem sinta dificuldade em coordenar esta atividade física com a intelectual.

O pediatra João Gomes Pedro, com grande experiência no tratamento de crianças hiperativas, torce um pouco o nariz à invenção, até por desconhecer se tem algum fundamento científico: "Acho que não é por aí que podemos tentar uma melhor concentração das crianças", diz por telefone ao JORNALÍSSIMO.

Para o especialista em desenvolvimento infantil, importante, sim, "é não ter os miúdos fechados numa sala de aula o dia inteiro, proporcionar-lhes intervalos maiores, fomentar a atividade desportiva e haver um maior respeito pelas diferenças individuais". Estas soluções, nota Gomes Pedro, têm evidência científica.

Ajudando ou não quem sofre de hiperatividade, a ideia de uma secretária com pedais não deixa de ter piada. E, pelo menos, no combate à obesidade infantil - outra preocupação dos pediatras portugueses - deve surtir algum efeito. 

e-max.it: your social media marketing partner
Voltar