E se te disséssemos que ‘escola’ vem de ‘ócio’?

Parece piada, mas não é. A palavra tem origem grega e começou por referir-se ao tempo livre, ao descanso.

Com a memória das férias ainda fresca e o corpo em fase de habituação à rotina escolar, dizerem-te que escola vem de ócio pode parecer provocação.

Não é. Ninguém diria, mas ‘escola’ começou mesmo por referir-se ao tempo livre. A palavra vem do grego antigo – ‘scholé’ – que designava lazer ou aquilo que se fazia na hora do descanso.

Assim sendo, é curioso perceber a razão pela qual se passou a chamar escola… à escola.

Ao contrário do trabalho, necessário para sobreviver, cultivar o espírito era algo que pertencia ao domínio da liberdade, do ócio. Ora, os momentos de discussão filosófica e científica na Grécia Antiga ocorriam, precisamente, no tempo livre ou estavam reservados a quem não precisava de trabalhar.

A instrução era algo reservado, portanto, aos tempos livres e assim se percebe que se tenha chamado ‘escola’ ao local onde vamos para ter aulas.  

Estás a pensar no que podem os séculos fazer a uma palavra?

Se vires bem, até continua a fazer sentido. Felizmente há professores que conseguem tornar o tempo que passamos com eles tão interessante que mais parece diversão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *