Quando a montanha russa avaria

Foi isso que aconteceu ontem em Nova Iorque, obrigando dezenas de pessoas a sair da diversão pelo próprio pé. Vê o Vídeo.

O “Cyclone” é uma das atrações preferidas dos visitantes do Coney Island, um parque de diversões de Nova Iorque (Estados Unidos).

A montanha-russa de madeira tem muitas décadas e é mesmo considerada um símbolo nova-iorquino. Tem quase um quilómetro de comprimento, bem acidentado, com curvas e descidas inclinadas para fazer a adrenalina subir.

Ontem abria ao público pela primeira vez na nova temporada.

Quem andou nela não se pode queixar de falta de adrenalina. Mas foi surpreendido pela forma como a sentiu.

A montanha-russa avariou quando estava no cimo, antes de acelerar a fundo para uma das descidas mais altas (de 26 metros) e os passageiros tiveram de sair a pé, com a ajuda dos trabalhadores do parque.

Tudo acabou em bem. Ninguém se feriu e todos ficaram com uma bela história para contar. Afinal, uma montanha-russa pode dar medo mesmo quando está parada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *