Olha só quem chegou aos 50

Ideiafix, o cão ecologista da banda desenhada, companheiro de Astérix e Obélix, cumpre meio século.

Ninguém escapa à idade. Nem mesmo as personagens de ficção, nem mesmo os animais que nascem em pranchas de banda desenhada, como o mini schnauzer branquinho a que a dupla Albert Uderzo e René Goscinny deu vida.

Ideiafix nasceu em 1965. Os fãs do herói gaulês conheceram-no nesse ano, quando foi publicado o quinto livro de Astérix e Obélix, “A Volta à Gália”.

Primeiro apareceu apenas discretamente, quase como figurante, à porta de uma charcutaria em que Astérix e Obélix entraram. Com o tempo, o pequeno cão viu crescer o seu protagonismo nas aventuras, tornando-se um amigo fiel dos gauleses.

E que amigo! Salva-os muitas vezes de situações complicadas. Em “Astérix e Cleópatra”, quem sabe o que teria acontecido aos dois heróis se Ideafix não os tivesse ajudado a sair da pirâmide do Egito. Já para não falarmos das ferradelas nos romanos.

O principal traço de personalidade de Ideafix é ser um cão ecologista, que desata a ganir quando vê alguma árvore a ser cortada ou derrubada. E, sim, é um cão corajoso que nunca hesita em acompanhar Obélix nos seus confrontos com os romanos.

Duas curiosidades: no Parque Astérix, em Paris (foto acima), Ideiafix tem uma floresta que lhe é inteiramente dedicada; em Inglaterra, Ideiafix é conhecido por Dogmatix, um nome que joga com as palavras dogma (ideia fixa) e cão em inglês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *