Rambo, o polvo fotógrafo da Nova Zelândia

Num aquário de Auckland, um polvo aprendeu a fotografar os visitantes a partir do interior do seu tanque. Vê o vídeo.

Para quem ainda tinha dúvidas sobre a inteligência dos polvos, aqui está mais uma prova das capacidades destes cefalópodes.

O polvo Rambo vive no Kelly Tarlton’s Sea Life, em Auckland, e fez jus ao nome de herói ao aprender a fotografar os visitantes que param em frente ao seu tanque.

Como qualquer aluno, levou o seu tempo e estragou algumas máquinas pelo caminho, mas ficou um ás e especializou-se em retratos, como este que tirou a alguns trabalhadores do aquário.

Como ‘professor’, Rambo teve um reputado especialista em comportamento animal, o neozelandês Mark Vette, figura assídua nas rádios e televisões daquele país da Oceânia.

A lição tinha um fim muito preciso: o polvo tinha de aprender a arte de fotografar para ser o protagonista do anúncio da nova máquina fotográfica subaquática da Sony, que lhe deu um novo nome:

Octopus + photographer = “Octographer”.

Depois de aparecer nos ecrãs, a vida de Rambo não voltou a ser a mesma: os turistas fazem fila para serem fotografados pelo animal marinho, a troco de cerca de um euro e meio.

Além de inteligente, Rambo revelou-se, ainda, solidário. O lucro do seu trabalho reverte não só para ele como para todos os companheiros do aquário.

Deixamos-te dois vídeos, o do anúncio e o do making-of.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *